5 coisas que podem estar fazendo seu notebook esquentar demais

O aquecimento extremo de um notebook pode acabar trazendo problemas para o seu desempenho e até danificando o dispositivo

NoteQuente

O aquecimento extremo de um notebook pode acabar trazendo problemas para o seu desempenho e até danificando o dispositivo. Antes de comprar um cooler ou mesmo trocar de computador, é necessário identificar qual é a razão para o superaquecimento. Para ajudar no problema, listamos 5 motivos que podem estar causando a elevação da temperatura. Confira:



1. Sujeira

Todo notebook conta com saídas de temperatura. Verifique se não há poeira ou qualquer tipo de sujeira impedindo que o ar quente saia e o ar frio entre. A dica é realizar uma limpeza de três em três meses, no máximo. Caso a situação do dispositivo esteja crítica, pode ser uma boa ideia pedir a ajuda de um especialista.


2. Ambiente
Um ambiente quente pode ser prejudicial para a ventilação de seu notebook. Se o local onde você costuma utilizar o dispositivo ultrapassar os 35 graus de temperatura, fique atento.

3. Superfície
Um erro comum dos usuários é apoiar o computador na cama, em um sofá ou no colo. Essa prática acaba impedindo a entrada de ar e, como consequência, esquentando o aparelho. O ideal é manter o notebook em uma superfície plana e dura.

4. Processos
O problema pode não estar por fora. O excesso de utilização do dispositivo pode acabar contribuindo para ele esquentar demais. Um malware também pode fazer com que a máquina trabalhe demais e consuma toda a memória.

5. Erro da fabricante
Pode acontecer também de o erro ter acontecido quando o dispositivo era projetado. A dica é sempre procurar saber mais sobre o notebook antes de comprá-lo.

Fonte: Olhar Digital

Voltar